Técnica Utilizada

Yoga – yantradhyana (meditação sobre uma imagem)

Benefícios Esperados

A meditação é um exercício altamente poderoso:

  • Proporciona maior sensação de bem-estar
  • Ajuda a construir um sistema imunológico mais forte
  • Diminui a dor crônica
  • Possibilita uma visão mais positiva da vida
  • Aumenta a sua motivação interna
  • Melhora a clareza e a qualidade dos pensamentos
  • Auxilia na produção de neurotransmissores vitais
  • Substitui sofrimento por compreensão

Entre outros benefícios.

No ritmo que vivemos hoje em dia, um momento para si mesmo tem ficado cada vez mais escasso e só paramos realmente quando algo acontece, quando a vida exige esse stop! E, o momento do diagnóstico e tratamento do câncer, é um deles. Esse momento é muito importante para você refletir sobre como quer viver daqui para frente.

É o momento de deixar ir tudo o que não te serve mais, perdoar, aceitar, amar a si mesmo e aos outros, mudar hábitos físicos e mentais, perceber como tem cuidado de si e o que tem permitido acontecer em seus relacionamentos.

Durante o processo de meditação, nos damos conta de nossos padrões de pensamento e de ação e, assim, podemos transformá-los, ajudando na realização das mudanças que desejamos em nós e em nossa vida, bem como no processo de cura. Afastar por um momento os pensamentos nos torna capaz de percebê-los e assim modificá-los.

Atividade

Nos últimos anos, os pesquisadores ocidentais começaram a entender o porquê meditar funciona tão bem, e ajuda em tantos problemas de saúde diferentes. “Com a ressonância magnética e a tomografia, percebemos que a meditação muda o funcionamento de algumas áreas do cérebro, e isso influencia o equilíbrio do organismo como um todo”, diz o psicólogo Michael Posner, da Universidade de Oregon. ( Revista Veja)

Durante o tratamento do câncer, alguns estudos como o feito na Universidade de Calgary, no Canadá, mostram que a meditação ajuda os pacientes a controlar o estresse e promovem suporte emocional para pacientes que já passaram por tratamentos como radioterapia, quimioterapia e cirurgias, têm impacto positivo não apenas para a saúde mental, mas também para a saúde física. (link)

No início, meditar pode parecer difícil… Pensando nisso, eu convido você a parar um pouco e desenvolver 1 minuto de meditação!

Existem diferentes formas de cativar sua mente a meditar, no entanto vamos aprender a técnica chamada yantradhyana (meditação sobre uma imagem).

Procure um lugar tranquilo onde você possa ficar em silêncio, sente em uma cadeira com os pés no chão ou sente no chão com as pernas cruzadas e as costas retas, se for o caso, apoie as costas na parede para não incomodar.

Passo-a-passo:

1- Feche os olhos para observar como está seu ambiente interno, em silêncio.

2- Acalme a sua respiração, deixando-a lenta, profunda e silenciosa, quase imperceptível, baixe naturalmente a frequência cardíaca.

3- Pense em algum objeto que lhe chama a atenção: flor, estrela, bola, lua, chama de uma vela, não importa qual a imagem.

4- Fixe a imagem em sua mente tentado observá-la com nitidez, cada vez que ela desaparecer ou algum pensamento chegar, volte a destacar a imagem novamente, e assim mantenha a observação sobre a mesma imagem por 1 minuto.

5- Quando sentir-se pronto, abra novamente os olhos e perceba como a prática traz calma e mudanças internas positivas.

Aumente gradualmente o tempo que permanece observando a imagem até que naturalmente essa imagem ira apagar e você vai entrar em meditação!

Caso tenha dificuldade de visualizar a imagem, faça com um som, um perfume, ou algo que lhe atraia.

O importante é se concentrar plenamente no objeto observado!

Desafio

Escolha um momento em sua rotina para ser o seu momento. Realize a meditação acima todos os dias, no horário escolhido por você. A partir da primeira semana, você já vai observar os benefícios!

Programe o alarme do seu celular para o tempo desejado de meditação e inicie a prática em seguida. Comece com 1 minuto, aumente para 5, 10, 30…

Note que à medida que aumenta o tempo, você entra em meditação sem perceber e vai, aos poucos, percebendo sentimentos, sensações, padrões de pensamentos que você possui. A tomada de consciência é o primeiro passo para a mudança, pois ilumina o que permanecia inconsciente e permite que você tome a decisão de seguir outros caminhos.

Sem contra-indicações.

Namaste.

Claudia Faria